4275

CDS Litoral Sul

Pular para o conteúdo
CDS Litoral Sul
Itabuna

PRESIDENTE DO CDS-LS DEFENDE AÇÕES PARA FORTALECIMENTO DOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO

22/03/2021 às 17h10

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


O presidente do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável Litoral Sul (CDS-LS) e prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, participou na manhã desta segunda-feira (22) de uma reunião virtual promovida pela União dos Municípios da Bahia (UPB) onde foi discutido, dentre outros assuntos, o apoio do Governo Federal para a aquisição de vacinas contra o Covid-19, parcelamento das dívidas dos municípios com o INSS; o e-Social; a aprovação do 1% no FPM em setembro (PEC 391/2017); Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM) e a aprovação da LOA, para os recursos da defesa civil.

O encontro online contou com a participação de senadores, deputados federais da bancada da Bahia, do presidente da AMURC e prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral e presidentes dos consórcios públicos baianos. Na oportunidade, Antônio de Anízio, destacou as dificuldades enfrentadas pelos municípios e da necessidade do apoio dos governos estadual e federal na busca de soluções para os mais diversos problemas da pandemia.

“Temos que organizar o meio de aquisição de vacinas para imunizar cada vez mais pessoas, em um tempo muito mais curto, para salvar mais vidas e proteger o cidadão contra o coronavírus em todos o território”, um dos pontos observados pelo presidente do CDS-LS.

Além disso, Antônio de Anízio também ressaltou um dos graves problemas enfrentados pelos municípios: a dívida com o INSS. O presidente da Amurc e prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral, defendeu um novo parcelamento dívida previdenciária dos municípios com o INSS, adquirida em gestões passadas. Segundo o gestor, a dívida previdenciária dos municípios com o INSS é antiga e bloqueia as contas dos municípios, impossibilitando as prefeituras de pagarem até mesmo o salário dos servidores.

“A nossa reivindicação é que haja uma abertura de parcelamento com longos prazos, instituídos pelo Governo Federal, para evitar bloqueios que estão inviabilizando os municípios de cumprirem seus compromissos”, destacou Marcone Amaral. De acordo com ele, o encontro promovido pela UPB foi extremamente necessário já que o fortalecimento das discussões dos municípios é importante para resolver os problemas que vão afetar diretamente a população.