4275

CDS Litoral Sul

Pular para o conteúdo
Última atualização:
|

CDS-LS PARTICIPA DE CURSO PROGRAMAS DE AUTOCONTROLES DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL, EM FEIRA DE SANTANA

Fonte: Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV-BA)
22/05/2024 às 17h00

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Teve início nesta segunda-feira (20) e segue até a próxima sexta (24), o curso Programas de Autocontroles de Produtos de Origem Animal: uma imersão, uma promoção do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV/BA), visando a educação continuada de médicos-veterinários responsáveis técnicos da agroindústria e fiscais dos Serviços de Inspeção Municipais (SIM) dos Consórcios Públicos, que atuam na área de alimentos e na implantação dos Programas de Autocontrole. Os profissionais que trabalham nos serviços de fiscalização estadual e federal também puderam participar.

A abertura do evento contou com a presença da médica-veterinária Lívia Peralva, presidente das comissões de Medicina Veterinária Legal e Eventos do CRMV/BA, do senhor Gregório Magno Lopes, Coordenador de Inspeção da ADAB e do presidente do CRMV/BA, Altair Santana de Oliveira. Além destes, o conselheiro do Regional baiano, Sidney Gonzalez, também participou neste primeiro dia de evento.

O curso gratuito, destinado aos profissionais de Medicina Veterinária, teve 100 inscritos e ocorre nas instalações do Centro Cultural Sesc, em Feira de Santana, a partir da parceria firmada com a Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (FAEB). O evento conta ainda com o apoio técnico da Superintendência Federal de Agricultura na Bahia (SFA/BA) e da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB).

Os médicos-veterinários Ronaldo Gil e Cláudia Magalhães são os palestrantes da capacitação. Eles dividirão esses cinco dias de curso. No último dia, haverá uma aula prática. Para tanto foi solicitado que todos os participantes levassem computador portátil para o local. Todos os detalhes da programação estão disponíveis no site do Regional Bahia (www.crmvba.org.br).

“Nossa expectativa é que esses profissionais que aqui estão se qualificando saiam desse curso sabendo mesmo, daí a importância de termos a parte teórica e a parte prática, que é muito importante nos Programas de Autocontrole (PACs). A ideia é que saibam padronizar as ações da inspeção e fiscalização para a verificação de PACs porque, em breve, pretendemos fazer outro curso, abordando a Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC)”, ressaltou Altair Santana de Oliveira, presidente do CRMV/BA.

Todo estabelecimento com registro em um Serviço de Inspeção deve dispor de PACs em conformidade com as normas. O objetivo desses Programas é assegurar a inocuidade, a identidade, a qualidade e a integridade dos produtos em todas as etapas do processo produtivo, desde a recepção até a expedição. O cumprimento das normas sanitárias, a implantação dos programas de autocontrole – Boas Práticas de Fabricação (BPF) e Procedimentos Padrões de Higiene Operacional (PPHO) e Análise de Perigo e Pontos Críticos de Controle (APPCC) – são pré-requisitos necessários para adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI/POA).